CARCASS – Datas de Próximos Shows

Confira abaixo as ultimas datas confirmadas pelo MySpace da banda (desta vez nenhuma p/ o Brasil)

13/06/09 – Waldrock Festival (Holanda)
28/06/09 – Gods Of Metal (Italia)
03/07/09 – With Full Force Festival (Alemanha)
19/07/09 – ProRock Festival (Ucrania)
25/07/09 – Lorca Rock Festival (Espanha)
14/08/09 – Bloodstock Open Air (Inglaterra)
12/09/09 – 1Rock venue, Moscow (Russia)

carcassbandFormado em 1985, em Liverpool, o Carcass contava com Bill Steer (guitarra), Jeff Walker (baixo), Ken Owen (bateria) e Sanjiv (vocal). Um ano depois, Sanjiv (vocal) saiu da banda e não houve mais notícias. O único material onde ele participa é a primeira demo do grupo, Flesh Ripping Sonic Torment. Ao passo disto, o guitarrista Bill Steer foi para o Napalm Death, outra banda de Grindcore. Mas Steer não abandonou o Carcass, ele considera o Napalm Death era seu trabalho paralelo. Esses acontecimentos resultaram em um período de inoperância na banda. O período foi curto, e para provar que o Carcass estava novamente à ativa, em 1987, sem o vocalista Sanjiv, o conjunto começa a trabalhar como um trio. Os vocais mais urrados e guturais ficavam por conta de Bill Steer, e o baixista Jeff Walker cuidava dos vocais “gritados”.

Em 1988, o Carcass lança seu primeiro álbum intitulado Reek of Putrefaction. A capa, que dispensa comentários, trazia fotos de pessoas mortas, corpos em decomposição, mutilados e despedaçados. Este disco se tornaria um clássico do grindcore, por sua inovação. No entanto, a qualidade da gravação deste disco deixa bastante a desejar, vindo a melhorar no segundo disco.

Na lacuna de tempo entre o lançamento Reek e o segundo álbum, Ken Owen adquiriu um bumbo duplo para o seu kit de bateria, permitindo então o uso de pedal duplo para a composição das novas músicas. Jeff Walker afirma que esta foi uma das principais razões para que Bill Steer levasse a banda mais a sério e deixasse o Napalm Death, para se dedicar integralmente ao Carcass.

Symphonies of Sickness, o segundo álbum, teve uma produção melhor, com a ajuda de Colin Richardson. Este álbum apresenta uma estrutura mais similar ao death metal, com passagens de riffs mais complexos, lentos e solos de guitarra. Na segunda metade da turnê do Symphonies um segundo guitarrista já se apresentava na banda, Michael Amott, que viria a integrar permanentemente o grupo. Seu trabalho já é notado no segundo Peel Sessions e no terceiro álbum já havia sua contribuição em criações.

A banda havia encerradosuas atividades em 1997, porém retornou as atividades em 2007, agora com um novo baterista, Daniel Erlandsson(Arch Enemy),  no lugar de Ken Owens que saiu da banda por problemas de saude.

Hoje o Carcass tem como formação Bill Sterr (vocal e guitarra), Jeff Walker (vocal e Baixo), Michael Amott (guitarra) e Daniel Erlandson (bateria).

Para outras informações acesse: www.myspace.com/carcass

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




  • Bem Vindo ao Rock N Heavy News

    rockstar
    ------------------------------------------------




















  • Enquete da Semana